sexta-feira, 27 de março de 2020

Vídeo: a campanha do governo para tirar o povo de casa na pandemia



Peça publicitária faz parte da campanha "O Brasil não pode parar", na contramão da orientação de isolamento social praticada no mundo

Contra tudo que vem sendo defendido pelos cientistas e profissionais da saúde, chefes de Estado e organizações do mundo todo nessa guerra ao coronavírus, o governo de Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta nas redes a campanha “O Brasil não pode parar”, como mostrou o Radar, com recado claro de que a epidemia do coronavírus não pode prender a população ativa e com menos de 60 anos em casa. Todos devem voltar ao trabalho.

A versão preliminar de um vídeo com esse slogan está pronto pelo governo. Dura um minuto e meio. A peça estimula uma série de categorias profissionais a voltar ao trabalho num clima de quase terrorismo.

E vai repetindo o bordão “O Brasil não pode parar”. Citam 40 milhões de brasileiros autônomos, ambulantes, feirantes, engenheiros arquitetos e professores, entre outras. Também se refere aos servidores da saúde e ao coronavírus.

“Para milhões de pacientes das mais diversas doenças e os heroicos profissionais de saúde que deles cuidam/ para os brasileiros contaminados pelo coronavírus/ para todos q dependem de atendimento e da chegada de remédios e de equipamentos/ o brasil não pode parar”.
Continua após a publicidade


Por coronavírus, Eduardo Cunha consegue progredir ao regime domiciliar


Ex-presidente da Câmara estava preso no Rio de Janeiro desde outubro de 2016; Ele usará tornozeleira eletrônica

Preso preventivamente desde outubro de 2016 pela Lava-Jato, Eduardo Cunha obteve autorização nesta quinta-feira para progredir ao regime domiciliar. Ele usará tornozeleira eletrônica. Cunha está internado num hospital no Rio, onde passou por uma cirurgia, e irá direto para casa quando for liberado pelos médicos.

A decisão é da juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, e leva em consideração a pandemia da Covid-19. A defesa do ex-presidente da Câmara alegou que Cunha, atendido por médicos que testaram positivo para coronavírus, apresentou sintomas e realizou os exames para saber se também está com a doença.


“Além da questão do risco etário do apenado, sua situação de saúde atual resta agravada pelo quadro de anemia, que chegou a justificar seu internamento em unidade de terapia intensiva, bem como pelo possível contágio com o coronavírus”, escreveu a magistrada.

Na semana passada, Cunha, sofrendo de grave anemia, obteve autorização da Justiça para fazer uma cirurgia para tratamento de hemorroidas.
  
Para Hardt, caso Cunha tenha contraído o coronavírus, “sua já precária situação de saúde provavelmente justificará a necessidade de acompanhamento diário do seu estado, e não recomendará seu retorno à unidade carcerária até constatada a cura completa, mesmo que seja possível a alta hospitalar, até para que se evite a contaminação de outros presos”.

Ela pondera ainda que mesmo que o ex-deputado não tenha contraído coronavírus, “sua situação exigirá da mesma forma maiores cautelas, considerando as particularidades já explicitadas, por ser o apenado pessoa que integra o grupo de risco da doença”.

A defesa do ex-deputado foi feita pelos advogados Thiago Minagé, Aury Lopes Jr., Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Veloso, Rafael Guedes e Délio Lins.

terça-feira, 24 de março de 2020

Forçado por coronavírus, Bolsonaro acena com trégua a governadores e anuncia ajuda de 88,2 bilhões



Errático, presidente muda, de novo, o tom. Recua em pacote, destina recursos a Estados e Prefeituras e reconhece fila do Bolsa Família, prometendo incluir mais de um milhão de famílias no programa




As autoridades de saúde dos EUA registraram mais de 100 mortes por coronavírus em um dia pela primeira vez desde o início da crise

Segundo o The Washington Post. Isso eleva o número de mortos naquele país para mais de 500, dos quais mais de 150 morreram no estado de Nova York, um dos epicentros da epidemia.

Jogos Olímpicos são adiados para o ano que vem

O novo coronavírus derrubou o maior evento esportivo do planeta. Nesta terça-feira, o ministro japonês dos Jogos, Seiko Hashimoto, informou que as Olimpíadas serão realizadas em 2021 após chegar a um acordo com o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach. A abertura dos Jogos em Tóquio seria em 24 de julho, data que até ontem Japão e COI se esforçavam para manter.
O adiamento das Olimpíadas é uma medida inédita na história. Desde que começou, o evento somente não aconteceu em 1916, 1940 e 1944 por conta das duas Guerras Mundiais.

Itália enfrenta semana decisiva no combate à doença

País mais afetado pelo novo coronavírus em todo o mundo, a Itália enfrenta uma semana decisiva na tentativa de frear a propagação da doença com a esperança de ver o número de contágios diminuindo. Desde sábado, por dois dias seguidos a quantidade de mortos pela Covid-19 no país caiu: foram 793 no sábado, 651 no domingo e 601 pessoas na segunda-feira.
"No entando, ainda não se pode falar que o crescimento se inverteu, apenas depois de mais alguns dias com bons números", afirmou Silvio Brusaferro, presidente do Instituto Superior de Saúde italiano. "Essa é a semana mais importante para avaliar a evolução das curvas epidemiológicas". A Itália soma ao todo 63.927 casos confirmados, 7.432 curados e 6.077 mortes.

A província de Hubei, primeiro epicentro do coronavírus, acabará com a quarentena nesta quarta

Após dois meses de quarentena, o primeiro epicentro da Covid-19 finalmente reabrirá suas portas ao restante da China. Os quase 70 milhões de habitantes que vivem na província de Hubei estarão livres a partir desta quarta-feira. A capital Wuhan, onde vivem 11 milhões de pessoas e foram detectados os primeiros casos, retirará seu bloqueio no dia 8 de abril. As medidas são demonstrações de que a China derrotou o coronavírus até nas regiões mais afetadas pela doença. Informa Macarena Vidal Liy, de Pequim.

Os destaques sobre da crise do coronavírus (Covid-19) desta terça-feira no mundo:

Resultado de imagem para coronavirus




  • Exame de João Doria dá negativo para coronavírus.
  • Irã soma 1.934 mortes e refugiados afegãos começam a deixar o país.
  • Espanha tem 40.000 pessoas com Covid-19.
  • As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 9h15 desta terça-feira (24), 1.965 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil.


Em Natal, escolas vão abrigar moradores de rua durante pandemia do coronavírus

Resultado de imagem para coronavirus

A Escola Municipal Santos Reis e o Centro de Convivência Santos Reis, localizados na Zona Leste de Natal, vão acolher 143 pessoas em situação de rua durante a crise do novo coronavírus. A decisão ocorreu após reunião, na tarde de segunda-feira (23), entre o prefeito Álvaro Dias, líderes religiosos e representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semtas)

Confira a situação epidemiológica do covid-19 no RN de acordo com o ultimo boletim da Sesap, maioria mulheres de 20 a 39 anos



O Estado do Rio Grande do Norte até o presente momento possui 339 notificações para COVID-19, não sendo contabilizadas as notificações dos casos que foram excluídos, que no momento totalizam 188 exclusões.

O crescimento do número de casos excluídos é um fator preocupante, pois significa afirmar que pessoas que não preenchem os critérios de caso suspeito estão sendo atendidas e seus exames estão sendo coletados, gerando o aumento da concentração de atendimento nos serviços de saúde, ao passo que este insumos devem ser priorizados aos pacientes que de fato preencham aos critérios de definição de caso suspeito.

Isso ressalta a necessidade de sensibilização da rede assistencial dos municípios para os critérios de definição de caso de modo a tornar mais efetivo o processo operacional de notificação e investigação dos casos. Observa-se o aumento das notificações ao longo das semanas epidemiológicas, fato já esperado, e com a ocorrência de notificações de casos as quais têm se apresentado predominantemente no sexo feminino, e nas faixas etárias de 20 a 39 anos

Prefeitura de Pau dos Ferros decreta quarentena total no município a partir da próxima quarta-feira (25)

A imagem pode conter: texto que diz "DECRETO 013/2020 A Prefeitura de Pau dos Ferros decretou quarentena no âmbito da municipalidade, tendo em vista a pandemia decorrente do novo coronavírus decreto entrará em vigor na próxima feira (25/03) e se estenderá até dia 05 de abril, podendo ser estendido se houver necessidade. PAU DOS FERROS PREFEITURA CIDADE PRIMEIRO #UNIDOSNA CORONAVIRUS"


A Prefeitura de Pau dos Ferros decretou nesta segunda-feira (23), um período de quarentena em todo o âmbito da municipalidade a partir da próxima quarta-feira (25). A medida é válida até 05 de abril e se faz necessária para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). O Decreto Executivo nº 013/2020 é possível devido ao Decreto Executivo nº 011/2020, aprovado à unanimidade pelo Poder Legislativo, que declara o nosso município em estado de calamidade pública, devido a pandemia provocada pelo Covid-19.


O decreto determina o fechamento de todo comércio de serviços não essenciais em todo o município pelo período de 10 dias. A medida poderá ser estendida se houver necessidade.

❌ Ficam suspensos, por força de Decreto, os seguintes serviços:

I. o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais (lojas) e prestadores de serviços, em shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres, academias, templos religiosos, casas de recepções, lojas maçônicas, centros de artesanato e demais equipamentos culturais, ressalvadas as atividades internas;

II. o consumo local em quiosques (localizados em logradouros e praças públicas), bares e restaurantes, sem prejuízo dos serviços de entrega – “delivery”;

III. a Feira Livre do Município em qualquer dia da semana, por tempo indeterminado;

IV. bancas de camelôs em qualquer dia da semana, por tempo indeterminado.

✅ Estão excluídos do decreto e poderão funcionar seguindo as recomendações sanitárias e de saúde:

I. Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, lavanderias, loja de materiais médico-hospitalares e serviços de limpeza e hotéis;

II. Alimentação: supermercados e congêneres (mini mercados), bem como os serviços de entrega (“delivery”) de bares, restaurantes, padarias e lojas de conveniência 24 horas, ficando expressamente proibida a aglomeração e o consumo no local;

III. Abastecimento: postos de combustíveis e derivados, revendedores de gás de cozinha e água mineral, oficinas de veículos automotores e borracharias; e

IV. Segurança: serviços de segurança privada.

Detalhes do decreto acesse: https://bit.ly/2UdgEQ3

Pilões RN anuncia o primeiro caso suspeito do novo coronavirus

https://scontent.fjdo10-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/90050021_2365414307092643_7497227042824388608_n.jpg?_nc_cat=111&_nc_sid=2d5d41&_nc_ohc=NpxmkKTjUIIAX_sMvtn&_nc_ht=scontent.fjdo10-2.fna&oh=a6dc58a20064d51fedc57bcab285492e&oe=5EA16843

Marcelino Vieira e Rafael Fernandes anunciaram primeiro caso suspeito de Coronavirus



Na noite de ontem o hospital Regional de Pau dos Ferros anunciou a entrada de dois casos suspeitos do covid - 19, segundo o boletim, as duas pacientes eram do sexo feminino dos municípios de Marcelino Vieira e Rafael Fernandes - RN, a identidade das pacientes foram preservadas.

A prefeitura de Marcelino Vieira enviou nota informando que a paciente se encontra em quarentena e teve contato com caso suspeito a oito dias, durante esse tempo circulou muito pouco pelo município, a prefeitura de Rafael Fernandes ainda não se manifestou sobre o caso, mas decretou quarentena total na cidade