Pular para o conteúdo principal

POLÍTICA 2016: Dois vereadores de MV caem na rede, e o partido vai ganhando sustentabilidade na região


Depois de duas campanhas frustradas à Presidência, a ex-senadora Marina Silva ganhou um partido para chamar de seu. O TSE finalmente aprovou a criação da Rede Sustentabilidade, que poderá disputar as eleições municipais de 2016.

No estado do Rio Grande do Norte, uma das primeiras filiações a ser homologada foi a do vereador Pedro Júnior da cidade de Marcelino Vieira, que após 21 anos no Partido Socialista Brasileiro - PSB, recebeu o aval da Organização Regional do Partido.

Por ser um partido novo e inovador o mesmo é muito criterioso nas filiações de seus membros, no RN por exemplo, o partido exige um passado limpo e ético para quem deseja se filiar ao mesmo. 

Em Marcelino Vieira o vereador Pedro Júnior foi um dos primeiros políticos do estado a se filiar no Rede Sustentabilidade. Segundo o diretório estadual, “seus 35 anos de vida pública, embasados na ética, no respeito e no compromisso, com um passado histórico limpo foram a senha para o mesmo ingressasse na nova agremiação”.
Vereador Pedro Junior, um dos primeiros a se filiar a Rede no RN
Em seguida o vereador César Paiva também caiu na Rede, o mesmo se filiou ao novo partido mesmo com algumas pessoas dizendo-o que ele seria cassado. Agora, a Câmara Municipal de Marcelino Vieira terá uma bancada com dois vereadores que passaram a integrar o partido de Marina Silva nas terras vieirenses.
O vereador César Paiva também caiu na Rede dando Sustentabilidade na sua situação política

Comentários