quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Correios entram em greve!


Na manhã de hoje (14/09/11) a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, divulgou uma nota a imprensa(no site da inpresa), revelando que seus funcionários entraram em greve por tempo indeterminado, devido a contraproposta dos Carreios as reinvidicações feitas pelos servidores, tenha sido insatisfeita . Na nota a enpresa também revela que , trabalha para normalizar a situação mais rápido possível para atender a população brasileira.


Veja a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA


"Os Correios ofereceram todas as condições necessárias para o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012. Apesar de todos os esforços da empresa, a paralisação foi deflagrada a partir desta quarta-feira (14).


A ECT trabalha para normalizar a situação o mais rápido possível e está adotando uma série de medidas que garantem o atendimento à população brasileira: contratação de recursos, realocação de pessoal, realização de horas-extras e trabalho nos finais de semana.


Os Correios colocam-se à disposição de todos os veículos de imprensa para dar informações sobre a situação e reafirmam seu compromisso de empresa pública empenhada em garantir o acesso de todos os cidadãos brasileiros ao serviço postal e contribuir para o crescimento do País."


EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS



As informações obtidas através de agências de notícias, dão conta que a greve está sendo à nível nacional, apenas 30% dos servidores estão trabalhando e que a
Federação pede aumento salarial real de R$ 400, do vale-refeição e alimentação, piso salarial de R$ 1.635 e reposição da inflação de 7,16%, dentre outras reivindicações. De acordo com a Fentect, os Correios ofereceram reposição da inflação de 6,87%, abono salarial de R$ 800 e vale alimentação de R$ 25 .



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.