Pular para o conteúdo principal

Câmara dos vereadores abre trabalhos e pela primeira vez em duas decádas tem a mensagem anual do prefeito.

Neste ultimo dia 15 a câmara legislativa de Marcelino Vieira - RN abriu seus trabalhos e o prefeito Babau deu sua mensagem anual prestando conta dos seus primeiros 45 dias de governo.

Babau falou que já imaginava o tamanho da crise que ia enfrentar quando assumisse a cadeira de prefeito em 2017, pegou o país em crise, a cidade endividada e uma seca no nordeste que já dura 6 anos.
" Recebemos um município quebrado. Salários dos servidores atrasados, fornecedores telefonando e batendo as portas da prefeitura, ruas esburacadas, lixo por todo canto, toda a frota de veículos sem condições de funcionamento, sem pneus, sem bateria, sem revisão, a qualquer momento podendo bater o motor, pela simples falta de cuidado de trocar o óleo. As máquinas do PAC sem peças e sem condições de operação, a maternidade fechada, sem laboratório, sem médicos e sem remédio na farmácia básica;
As escolas estão sucateadas. Prédios caindo, portas quebradas, sem carteiras, outras sem teto, falta tudo. Infelizmente, iniciamos uma administração do ZERO. Melhor dizendo, pior do que do zero, porque além dos sérios problemas já relatados, o município encontra-se inadimplente por falta de prestação de contas do projeto da Estátua, da Creche Escola e da Quadra da Vaca Morta, o que dificultam a aquisição de novos recursos e bens para o município.

Além desses problemas, a gestão anterior deixou de pagar o INSS de novembro e dezembro de todos os servidores e o INSS do Décimo Terceiro de 2016, totalizando um débito de mais de meio milhão de reais. Já agora em janeiro, o governo sequestrou todo esse valor, o que deixou o município em situação que quase não conseguia pagar a folha de funcionários;
 

Inacreditavelmente, desde de 2005, eles não pagaram à CAERN e por conta disso, deixaram acumular uma dívida de R$ 1.200.000,00. Esta, vamos apelar para o bom senso do governo do Estado em segurar até sairmos desta crise" Explicou o prefeito.
Apesar disso, Babau mostrou possíveis saídas para essa situação e mandou uma amostra do que pretende fazer para tirar a cidadezinha da lama:
"Primeiro, vamos procurar todas as soluções para recuperarmos esse atraso causado ao município. Ao mesmo tempo, vamos fazer o necessário para punir os responsáveis. A auditoria que prometi a todos vai ser realizada. Não vai ser uma auditoria paga, daquelas que apura tudo em 30 dias, porque custa muito dinheiro e não vou ser irresponsável de comprometer a folha de pagamento de nossos funcionários;
A auditoria que vamos realizar vai ser durante todo o meu governo, de forma gratuita, aproveitando os assessores e os órgãos fiscalizadores que já são pagos para isso. O que eu encontrar de errado dos prefeitos anteriores, passo para os respectivos assessores e autoridades competentes para que apurem e punam os verdadeiros responsáveis. Ministério Público, Justiça, Tribunal de Contas, CGU e Polícia se for o caso;
Já posso aqui citar um exemplo desta iniciativa. O Relatório da Transição de Governo já produziu um documento com todos os desmandos da administração passada e já foi entregue ao Tribunal de Contas do nosso Estado, do qual esperamos um resultado recriminador contra os que não zelaram pelo patrimônio público
"
 









Comentários