quinta-feira, 22 de setembro de 2011

CÍRCULO DE FOGO ENTREVISTA IRAMAR OLIVEIRA: "eu não vejo a oposição aqui em Marcelino Vieira"

Olá, amigos navegantes do Circulo de Fogo, como foi prometido a todos vocês que o blog iria postar a entrevista que fizemos com o ex-prefeito Irama Oliveira, pronto cumprimos o que foi prometido.

A entrevista foi fantástica, tivemos uma conversa cara a cara com um dos homens mais poderosos da Cidade, que se diz fã deste blog. Marcamos a entrevista, com perguntas já prontas escolhemos um local estratégico para solta-las, iríamos entrevistá-lo no complexo religioso inacabado, porém, alguns imprevistos aconteceram, Iramar viajou, tinha uma entrevista na rádio, então resolvemos fazê-la em sua residência. O ex-prefeito falou sobre os critérios utilizados nas escolhas das casas na sua gestão, a Estátua de Santo Antônio e sobre a administração de Ferrari.
Por tanto, vamos à entrevista:


Circulodefogo.net: Iramar você não tem medo de ser castigado, já que prometeu de concluir a Estátua de Santo Antônio no seu mandato e não cumpriu, ou acha que vale o ditado, quando a esmola é grande o santo desconfia?


Iramar Oliveira: Nem de ser castigado, nem de ser penalizado por qual quer ato que tenha deixado de ser feito no meu mandado, por que a Estátua de Santo Antônio é o complemento do complexo turístico. O complexo Turístico, ele é composto por várias obras, ele tem bloco de apoio que está concluído, tem uma cúpula que é uma sala de medicação que foi eu que concluir, tem uma capela ecumênica que também foi nós que concluímos, tem uma praça que nós também concluímos, tem toda infra-estrutura de pavimentação que foram nós também que concluímos e a Estátua em si, nós deixamos os recursos da Estátua, que entrou no final de 2007 que era a complementação do complexo turístico, isso demandou um tempo muito grande pra se fazer a estrutura em termo de projeto, por que só tem um arquiteto no país que executa esse tipo de obra, então como é uma obra de arte é muito difícil de você encontrar, se fosse uma construção de um edifício, tem milhares de empresas que fazem. Agora uma obra de arte tem um só artista, não existiu dois Picasso não, só existiu um. Então do mesmo jeito é a questão da construção da Estátua em si, só existe Doutor Alexandre Azedo, que é professor da Universidade Federal da Paraíba, é arquiteto e artista plástico que pode executar essa obra. Então foi feito todo projeto, todo acompanhamento, ele fez a base, concluímos a base exata no ano de 2008. E o recurso da Estátua está totalmente na conta da prefeitura pra ser executada, não foi tirado um centavo desse dinheiro no meu mandato, foi feito a base, foi feito tudo de recurso próprio, então se é uma coisa que me deixa de maior tranquilidade é com relação a estátua de Santo Antônio, por que de nenhum momento nós fomos omisso de fazê-la, em nenhum momento nós deixamos uma obra pra ser executada sem houvesse o recurso e todo preparo feito. Por que é vetado ao Ministério Turismo liberar dinheiro para Estátua, ali é complementação do complexo turístico, então muita gente pergunta, "por que você não fez logo a Estátua que era o ponto mais importante o principal?", por que não libera, se você pesquisar no site da Caixa Econômica, recurso da Estátua de Santo Antônio não existe, existe complexo turístico, existe a liberação de 350 mil, que é a primeira etapa da conclusão. Então o que podíamos fazer, fizemos infelizmente essa obra está parada, mas eu tive noticia que doutor Alexandre esteve aqui há poucos dias pra dar continuidade, o prefeito Ferrari trouxe Drº Alexandre e trouxe também Drº Brito que é o engenheiro setor alto que fez a parte da estrutura, estiveram aqui em Marcelino Vieira visitando, já veio pra cá cinco metros de módulo da Estátua, quero ressaltar que esses cinco metros foram feitos ainda no ano de 2008, foi no inicio da construção. Tenho certeza que o Prefeito Ferrari, dentro de poucos dias deve retornar a construção dela.

Circulodefogo.net: No começo da construção falavam que era a maior Estátua do Brasil, e agora falam que não será nem a maior da região, como isso?

Iramar Oliveira: Não é mais, perdeu para a de Santa Rita de Cássia, agora vale salientar também que a de Santa Rita de Cássia ela fica no tamanho dela de 42 metros e da Santo Antônio ultrapassa um pouquinho, por causa do resplendor, vai chegar a superar a de Santa Rita, a Estátua em si vai ter 35 metros, mas tem o resplendor que dar em torno de 8,70 metros, então fica com 43,70 metros, se fomos fazer um cálculo em altura com a de Cristo Redentor, que tem 29,80 não chega a 30 metros.

CirculodeFogo.net: Fontes não muito secretas revelaram que você, Ferrari e todos os vereadores do grupo, estiveram reunidos, o que foi decidido para 2012?

Iramar Oliveira: Ficou decidido foi a união do grupo, permaneceu o grupo unido e no próximo ano Janeiro ou Fevereiro nós fazerem os uma pesquisa através de institutos idôneos, uma pesquisa que possa avaliar as condições do melhor candidato do grupo para disputar a eleição de 2012 , então eu ou doutor Ferrari sair candidato, isso vai partir, já que estamos num processo democrático do povo, o povo é que vai escolher. Então não é o grupo que vai achar que doutor Ferrari deve ser candidato ou que Iramar seja candidato, por que foi prefeito por 8 anos, é uma liderança política, não quem vai decidir é o povo. Se o povo achar que devemos continuar com Ferrari, iremos apoiar Ferrari, se o povo achar que eu deva ser candidato, estou preparado pra ser candidato de Marcelino Vieira de novo, se Deus quiser.

CirculodeFogo.net: Drº Ferrari falou categoricamente em um blog da região que com certeza iria ser candidato a prefeito no próximo ano, o que você tem a declarar sobre isso?

Iramar Oliveira: Eu acho que depois dessa reunião, perdeu eficácia desse depoimento, até por que ele pode até afirmar hoje também, é mais do que justo ele está no mandato, então ficaria desagradável se ele desse depoimento dizendo que não é candidato, é óbvio se perguntar se vai ser candidato, ele dizer que sim, por que eu também sou um pré-candidato, como doutor Ferrari. Nós estamos a “mecer” do povo.

Circulodefogo.net: Mas vocês já tem ideia de quem poderá ser o vice?

Iramar Oliveira: Não, a composição de chapa se dá depois dessa pesquisa, aí nós haveremos também de se reunião e fazemos uma pesquisa novamente para termos um companheiro de chapa do candidato que se sair em melhor condição na pesquisa.

CirculodeFogo.net: Então vão ser feito várias Pesquisas?

Iramar Oliveira: Vão ser feito várias pesquisas, vamos pesquisando, até por que a pesquisa hoje faz parte do contexto político do município, para o administrador saber qual a deficiência, aonde pode atender melhor a população. Eu só acredito em administrar com dados, administrar sabendo o que povo precisa. Hoje o município de Marcelino Vieira vai receber 500 bicicletas, será que essas 500 bicicletas que o governo está mandando para o município no foi pesquisada anteriormente pra saber da dificuldade que as pessoas que moram na zona rural em chegar a cidade e com essas bicicletas facilitava mais para os estudantes na locomoção até a zona urbana.

CirculodeFogo.net: Com relação à improbidade administrativa que foi noticiado em vários blogs e sites da região, o que você tem a dizer sobre isso?

Iramar Oliveira: Eu só posso afirmar uma coisa, eu não respondo a nenhum processo por desvio de recurso, eu não respondo a nenhum processo por improbidade administrativa que venha me deixar impossibilitado de ser candidato, por que os processos que nós temos em andamento na justiça, nenhum processo foi julgado ainda, se quer em primeira instância, são processos de pequeno porte ofensivo em termos de impossibilitado de ser candidato, eu não tenho nenhuma conta rejeitado pelo Tribunal de Conta do Estado, até hoje graça a Deus minhas contas foram todas aprovadas sem rejeição do Tribunal de Contas, eu não respondo a nenhum processo ao Tribunal de Contas da União também por falta de comprimento em algumas das cláusulas contratuais de algum financiamento que posso te vindo via Governo Federal ou Estadual . Então eu graça a Deus estou livre pra ser candidato, tenho domicilio em Marcelino Vieira , Pau dos Ferros , Rafael Fernandes; aonde eu quiser ser candidato até o dia 7 de Outubro, eu posso transferir meu título e ser candidato com a convicção que estou livre pra ser candidato em qual quer município.

CirculodeFogo.net: Você pretende ser candidato a deputado a nível estadual ou federal, algum dia?

Iramar Oliveira: Não, nunca me passou pela cabeça essa ideia de ser candidato a nível estadual ou federal, o que gosto mesmo é do poder executivo de ficar mais próximo ao povo, o legislativo estadual ou federal eles distancia muito as pessoas das raízes e do povo.

CirculodeFogo.net: Você acredita que vai ter oposição aqui em Marcelino Vieira nas eleições do próximo ano?

Iramar Oliveira: Deve ter , eu vejo a oposição de Marcelino Vieira muito desarticulada , por que eu já fui oposição, eu fiz oposição aqui quando Edilton (Sogro de Iramar) faleceu no primeiro ano do mandato que o prefeito (Josemar) ficou contra a gente, naquela época eu fazia oposição, não era com conversa não, era com ão, determinação e trabalho . Hoje eu vejo a oposição; estão somente em querer levar boatos, fazer intrigas, colocar o povo contra um sistema político, sem ter argumento pra isso, por que se faz oposição com trabalho, buscando meios de que a população sejam beneficiada com isso e demonstre ao povo o que você está fazendo, que um dia quando você chegar a situação, você vai fazer muito mais. Mas oposição só leva o tempo em usar o poder que tem de mídia pra falar e não age em nada, então uma a oposição dessa é muito difícil sair do canto, vai alguém aí tentando se salvar e pega um “boi de piranha” pra botar pra disputar uma campanha em cima de véspera de eleição, eu não vejo a oposição aqui em Marcelino Vieira fazer outra coisa a não ser isso.

CirculodeFogo.net: Você tem algum palpite de quem poderia ser o candidato da oposição?

Iramar Oliveira: Não, infelizmente não tem, por que eu não vejo ninguém com as credenciais de candidato ainda. Se tivesse alguém despontando, se tivesse alguém trabalhando com essa perspectiva tudo bem, mas até hoje eu não vejo, então fica difícil de citar o nome, eu vejo o jogo de interesse só, cada um querendo segurar um mandato de vereador ou outro cargo que possa avaliar alguma coisa numa campanha futura a nível de Estado.

CirculodeFogo.net: Iramar, quais foram os critérios utilizados no seu mandato para contemplar as pessoas com as tão faladas casas, foi através de moeda (casa ou coroa), bingo (bateu ganhou) ou do voto (votou ganhou)?

Iramar Oliveira: olhe, não isso aí varia para cada contrato, cada contrato tinha critérios diferentes. A Caixa Econômica Federal teve casa que foram por programa que nesse programa era destinado para pessoas que não tinha renda, então cadastro eram feitos dessas pessoas. Os casos têm que ser avaliados isoladamente. Hoje, muita gente me pergunta se essas casas podem ser vendidas. Cada programa desses tem um critério diferente. Durante 20 anos, o cidadão desse programa fica vinculado ao Sistema Nacional de Habitação. Então ele não vai adquirir, durante 20 anos, em qualquer parte do país, uma outra casa por esse mesmo programa. Então cada programa tem um critério diferente, por exemplo, tem um programa que foi destinado só os idosos, que foi um programa especifico e nós fomos pioneiros aqui em Marcelino Vieira, que é o conjunto ali pertinho do Edilton Fernandes, então cada um teve um critério diferente, foram vários critérios, teve dois projetos que só podia construir na zona Rural, tinha outro que só podia ser na zona urbana, não podia ser misto, construir urbana e rural, então, dos que foram construídos na Zona Urbana que foi destinado para a zona rural teve lá na vila Ana Enrique umas casa que foram contruídas e na vila Panatis, porque nós justificamos que era distrito urbanizado, então era para ser feito na zona urbana, mas como eram distritos Urbanizado, porque tinha escolas, posto de saúde e tinha pavimentação, tinha igreja aí nós justificamos e a Caixa Econômica aceitou, então o único critério que foi quebrado, foi esse, que era para ser construído na zona rural e era para ter sido construído na zona urbana.
Com relação ao pessoal, nós fizemos essas 520 casas e nunca houve nenhuma reclamação, e... nunca houve nenhuma rejeição por parte desses programas porque foram feitas única e exclusivamente nos critérios que eram estabelecidos por cada programa, então não tivemos nenhuma reclamação durante esse período. É nos temos exemplos de uma casa tentaram vendê-la na época que eu era prefeito, eu tomei conhecimento que era do programa da Caixa Econômica, então não podia vender num período de 20 anos, eu imediatamente, cheguei a noite de Brasília, tomei conhecimento, no dia seguinte eu mandei chamar a pessoa que vendeu e a que comprou e mandei desmanchar o negócio, se não desmanchasse eu ia para o Fórum, pra fazer valer o contrato que foi assinado na Caixa Econômica e o negócio foi desfeito, então esse foi o único exemplo. Hoje já tem casas que foram vendidas... Quêm comprou essa casa pode perder? Não, hoje talvez não perda, mas quem vendeu vai ficar impossibilitado de adquirir uma casa por esse mesmo sistema pelo prazo de 20 anos em qualquer parte do país...

Circulodefogo.net: Sabe-se que houve muita troca também...

Iramar Oliveira: ... É... a troca pode, a troca pode se for por uma casa de um valor equivalente pode, não tem problema, agora trocar por moto, carro, isso aí não pode.

Circulodefogo.net: Bom, muito obrigado Iramar, pela entrevista, agora se você quiser falar mais alguma coisa, fazer mais alguns esclarecimentos, dizer as considerações finais, pode falar, porque a bateria do gravador está descarregando (risos), fique a vontade.

Iramar Oliveira: É eu quero agradecer a vocês por terem essa iniciativa de vir nos ouvir, e dizer que estou a disposição para o povo de Marcelino Vieira, e a disposição de vocês a qualquer hora que vocês queira esclarecer qualquer fato que a gente tenha conhecimento, eu vou estar a disposição e desejar muito sucesso, inclusive eu sou um dos que acessam diariamente o Circulo de Fogo, desde o início, e parabenizo pelo trabalho que vocês fazem, quero deixar aqui meus agradecimentos a toda comunidade de Marcelino Vieira também que acessa o blog de vocês e a todos vieirenses e amigos, e dizer que nós estamos aqui. Continuamos ainda com o mesmo propósito de atender a esse ato de democracia que vai ser instituído para definir o candidato do próximo ano. Então a todos meus agradecimentos.

Circulodefogo.net: Muito obrigado mais uma vez, mas antes nós gostaríamos de fazer um apelo: Se o senhor não levar a mal, fale com Ferrari para ele falar com a gente, porque já tentamos umas 10 vezes falar com ele, a gente liga, liga e nada (Risos).

Iramar Oliveira: (Risos)
[Achamos que não deveríamos transcrever essa resposta por questões éticas, acreditamos que o ex-prefeito Iramar não tinha conhecimento de que essa pergunta fazia parte da entrevista, mesmo assim fica o nosso apelo: ATENDE A GENTE FERRARI...]

Todos os direitos do blog: http://www.circulodefogo.net

Um comentário:

  1. Incrível como as pessoas gostam de criticar o que não entendem, o que não faz parte de sua cultura, no inicio do Circulo de Fogo, muitos criticavam o estilo de blog que alguns garotos estavam fazendo, e eu fui conferir, e notei que não era aquilo que se estava comentando, pelo contrario, o blog era sério, e o humor empregado nele servia apenas como um atrativo por traz de uma critica séria, objetiva e politicamente correta. Com os novos conceitos pós moderno o jornalismo de critica social se aventura pelo humor e pelas ironias que há muito são presentes nos discursos de políticos populares e oportunistas.
    Com esta entrevista, e pela forma de sua condução, e edição, não faltou o humor presente de seus idealizadores. Esta entrevista veio num momento certo e oportuno para elevar meus caros amigos blogueiros a um patamar dos grandes sites de noticias por esse nosso país a fora. É o momento para outros blogs verem como se faz o serviço de prestação social, de maneira correta sem medo de falar a verdade.
    _____Quero aproveitar o espaço para também (e porque não) dar minhas felicitações ao amigo e ex-prefeito Iramar pela coragem de enfrentar estes cabras da peste, numa entrevista ousada e unica em nossos meios de comunicação (Vieirense), sempre mostrou ser um homem de coragem e que sabe o que significa a palavra pilitico, e age de tal maneira, sem fugir de suas responsabilidade, e quero deixar claro, que eu não apoiei muito de suas atitudes enquanto prefeito, mas que em se tratando do atual, se mostraram muito mais contundentes em relação ao cargo que prestou a cidade do que pelas que estamos vivenciando em nossos dias.
    Aos meus amigos do Circulo de Fogo, só tenho a deixar meus parabens e que mantenham o ritmo, não esmoreçam...
    -------
    ----P.s.:agora meu puxão de orelha: cuidado apenas na hora de transcrever as entrevistas com os erros (não de português pois fazem parte do diálogo como foi dito) de digitação.

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.