Pular para o conteúdo principal

Secretário de Saúde emite nota à população

A Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Marcelino Vieira-RN, através do secretário Marcelo Viana, divulgou uma nota de esclarecimento a imprensa (inclusive ao Círculo de Fogo, mas só que publicamos a denúncia feita pelo vereador Luís Bento na Câmara dos vereadores nesta última segunda-feira (29/08) , jamais criamos qual quer notícia para denegrir o trabalho da gestão atual, o nosso propósito não é esse, o nosso objetivo é informar aos nossos internautas) e à população .



Na ocasião a Secretaria de Saúde nega que contratou falso médico e declarou também que está a disposição da imprensa.



Veja a nota na íntegra:



Nos últimos dias vêm se veiculando na mídia local a informação de que o município de Marcelino Vieira teria contratado um “falso medico”. Esse assunto merece alguns esclarecimentos.



Tem sido comum em alguns programas de rádio a veiculação de informações com claro interesse de denegrir o trabalho que vem sendo realizado pela gestão atual. Não raro, as noticias assumem uma configuração de ofensas morais e pessoais. No caso mais recente, onde se apresenta o caso de contratação de falso médico no município de Marcelino Vieira percebem-se mais uma vez a intenção de diminuir o compromisso e a responsabilidade do executivo.



O que tem acontecido é que a notícia de esquina tem se tornado manchete de programas sem o devido critério de apuração dos fatos, o que torna a informação sem nenhuma credibilidade. A mídia vem tentando gerar a intolerância, na medida em que veicula valores e interesses pessoais como verdades sem que haja um dialogo responsável com outro o lado da história. Em nenhum momento a Secretaria de saúde foi procurada para esclarecimentos.


O desrespeito tem sido marca presente na realidade local. Alguns programas veiculam que prestam serviços a comunidade, quando na verdade se trata de um (des)serviço a mesma. A veiculação de informações infundadas e sem provas se trata de um ato claro de calúnia e difamação.



O município de Marcelino Vieira, como é do conhecimento de todos, passou por sérios problemas por falta de médicos. Atualmente estamos com as três equipes do Programa Saúde da Família completas. E deixamos claro que para contratação de qualquer profissional de saúde exigem-se todos os documentos comprobatórios. Os médicos que aqui trabalham têm uma história de respeito na região e vêm prestando um serviço responsável e comprometido com a melhoria da qualidade de vida da população vieirense.



Ainda sobre o assunto, dispomos, para órgãos de controle externo, de cópias de todos os contratos e folhas de pagamentos, assim como cópias de documentos pessoais de todos os profissionais de saúde que aqui atuam, o que derruba de forma irrefutável a calúnia de que o município teria contratado falso médico.



Reiteramos que nunca houve por parte do município contratação ou pagamento de profissionais sem a devida regularização profissional.



Por fim, reforçamos a abertura dessa instituição para diálogo com todos os atores da imprensa local para maiores esclarecimentos. Entendemos a importância da mídia para fortalecimento do controle social e da participação da população, porém apelamos para que haja maior maturidade na veiculação das informações e que sejam apresentadas todas as versões das notícias em pauta, e não apenas a versão que favorece interesses alheios ao de toda a população.



Assim pedimos que nos seja apresentado bases legais e comprobatórias que deram início à denúncia para que de forma conjunta possamos tomar as devidas providências. A administração municipal está entrando em contato com os órgãos citados nas denúncias para apurar o caso, e divulgaremos assim que obtivermos informações mais precisas e claras.



Sem mais, reforçamos o nosso respeito com a imprensa assim como o
compromisso com a melhoria das condições de vida da população vieirense.



Marcelo Viana da Costa


Secretário Municipal de Saúde



Nota publicada no site da Prefeitura de Marcelino Vieira (click aqui)


Fonte: www.marcelinovieira.rn.gov.br

Comentários