Pular para o conteúdo principal

CCJ vota novo parecer contrário e cassação de Cunha vai ao plenário

O deputado Max Filho (PSDB-ES) foi escolhido como novo relator dos recursos do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e proferiu um parecer em que rejeitou todos os argumentos contra o prosseguimento do processo de cassação de Cunha para o Plenário. Só resta essa etapa para o processo em que Cunha pode ser cassado ou absolvido. A votação deste parecer referenda a decisão anterior.
Max Filho foi escolhido com o apoio de 35 deputados contrários ao antigo parecer, do deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF), que acatava um argumento da defesa, o de que a votação nominal do Conselho não poderia ter sido feita por bloco parlamentar. “O Conselho realizou votação por requerimento de seus membros, de forma que não foi contestada por nenhum de seus membros ou pela defesa, de forma que foi legítima”, disse o deputado.

Comentários