Pular para o conteúdo principal

É oficial: Marcelino Vieira chegou ao fundo do poço e não é conversa de bacurau


http://super.abril.com.br/sites/super-interessante/files/styles/news_medium/public/core/Fundo_do_poco_1.jpeg?itok=j4lzsxMU
Chegamos ao fundo e aqui em baixo não tem mola (Foto: Flavio Pessoa)

Ruas esburacadas, epidemias de dengue, zika, chikungunya, falta d’água, servidores atrasados, lixo espalhado por todos os cantos, buracos sendo tampados com material de cemitério, prefeitura sucateada, chegamos finalmente ao fundo do poço e quando a população achar que não pode piorar a administração vai começar a cavar mais, eu não tenho dúvidas disso.

A teoria que se tem é de que o grupo situacionista, ainda sem pré-candidatos e descrentes de que podem conseguir vencer as eleições de 2016 estão aproveitando os últimos dias de governo para “farrar” e sucatear o máximo que puder a cidade para quando a oposição assumir ficar impossível de governar, de corrigir todos os erros nos 4 anos seguintes de governo e o grupo de Iramar voltar com tudo em 2020, quando enfim ele poderá candidatar-se.

É uma verdadeira estratégia de guerra, um jogo político sórdido, mas brilhante e que pode trazer resultados a longo prazo, é uma pena que nessa batalha de grupos e estratégias políticas, os únicos que irão sofrer realmente são os moradores da pacata cidade de Marcelino Vieira. Somos apenas peças vivas de um jogo de xadrez, porque os políticos não estão nem um pouco interessados se seu filho vai crescer em uma cidade que preste, o Prefeito mora em Natal, o ExPrefeito vem aqui uma vez perdida para participar de reuniões regadas a muita cerveja e fartura e o trabalhador? e o pobre? ninguém liga, são massa de manobra, amanhã eles esquecem, é só fazer uma passeata abrir o freezer com a cerveja, da uma abraço suado e eles estão prontos para votarem e passarem mais 4 anos sendo sugados.

Comentários