Pular para o conteúdo principal

A Ultima opção


A frase que encabeça e intitula essa matéria é um sentimento difícil de ser lidado, ser a ultima opção é muitas vezes pior do que ser rejeitado, é ser usado somente para um fim e em ultimo caso se nada de certo. Se o desespero apertar "eu escolho você".

A politica vieirense tem muito disso, é um jogo de interesse sem fim no qual eleitores se tornam amigos de quatro em quatro anos e adversários se tornam inimigos mortais quando não lhe são úteis. 

Quando o circulo de fogo anunciou que a vereadora Veronica Rodrigues passaria de oposição para situação eu não acreditei. Primeiro porque os discursos de ódio nos palanques e em blogs pessoais eram grandes demais para ser esquecidos e segundo porque não era uma escolha sábia, ela sabia que só estava alí porque era a ultima opção e caros leitores... É tão ruim ser a ultima opção. 

A ficha só caiu quando apareceram na minha timeline do facebook fotos da felicidade de um grupo unido.
Mas o discurso da Vereadora era de idepedencia política,  não tinha grupo nenhum, não precisava ficar  "adulando" ninguém. Ótimo! Pena que mais uma vez eu fui tolo em acreditar, a atual presidenta da câmara de vereadores será a candidata a prefeita (ou vice) do grupo governista de Marcelino Vieira e tentará eleger seu irmão vereador pelo mesmo grupo.

Acredito que não foi uma decisão fácil para o "grupo do 22" mas eles estavam sem saída, o grupo está encurralado esperando uma derrota quase certa em 2016, amedrontados por uma vergonhosa derrota nas eleições estaduais. A militância procura qualquer brecha para fazer campanha e comemoram antes do tempo a vitoria de um jogo que está longe do fim.



Comentários