Pular para o conteúdo principal

MATERNIDADE DE MARCELINO VIEIRA DEIXOU DE RECEBER 100 MIL REAIS






Lamento informar que o Hospital Maternidade Padre Agnelo Fernandes, APAMI de Marcelino Vieira deixou de ganha o valor de 100.000,00(CEM MIL REAIS), destinado para compra de Equipamentos e Material Permanente, dentro da Emenda nº 3146004 de autoria do deputado federal Betinho Rosado, conforme ofício Emendas nº 062-3/2014/CD/GAB.840 anexo acima.

E perdeu por qual motivo?

Porque o Diretor na Maternidade não apresentou o projeto para o Ministério da Saúde, no prazo do dia 24 de Fevereiro a 05 de Maio de 2014.

Pasmem, queridos leitores! Fazem mais de 17 anos que uma mãe vieirense tem o "luxo" de parir em ambiente hospitalar vieirense, ou seja, há mais de  17 anos os munícipes vieirense não tem o direito de nascerem no solo de Santo Antônio. As grávidas vieirenses parem seus filhos em Alexandria ou Tenente Ananias.

Aí eu pergunto? É por falta de verba ou falta de competência para gerir uma instituição pública? 

A presidenta da Câmara dos Vereadores de Marcelino Vieira(Verônica Rodrigues, foto) determinou ao Assessor Jurídico da Câmara(Dr Aldaélio Alves, foto) que tomasse as providências cabíveis, argumentando que houve, no mínimo, falta de Eficiência por parte do Diretor da Maternidade, um dos princípios necessários para gerir um bem público. Embasado no art. 37 da Constituição Federal do Brasil que nos remete aos princípios da: legalidade, moralidade, impessoalidade ou finalidade, publicidade, eficiência e razoabilidade. 

Este princípio da Eficiência, zela pela “boa administração”, aquela que consiga atender aos anseios na sociedade, consiga de modo legal atingir resultados positivos e satisfatórios, como o próprio nome já faz referência, ser eficiente.

A eficiência é uma característica que faz com que o agente público consiga atingir resultados positivos, garantindo à sociedade uma real efetivação dos propósitos necessários, como por exemplo, saúde, qualidade de vida, etc. 

O que está flagrante a sua falta de rendimento funcional, perdendo a oportunidade de trazer para Marcelino Vieira o valor de 100 mil reais para adquirir Equipamentos e Material Permanente.

Comentários