Pular para o conteúdo principal

Secretário de cultura e mossoró é condenado e terá que devolver mais de R$ 100 mil aos cofres públicos

Gustavo Rosado, atual secretário de Cultura de Mossoró está proibido de ocupar cargos públicos, seja comissionado ou por concurso.

 O impedimento é consequência da condenação sofrida por ele na Justiça Estadual, que o condenou por usar a máquina pública em benefício próprio. A informação está no blogue do jornalista Carlos Santos, de Mossoró.

Foi secretário-chefe do Gabinete Civil na gestão da irmã, a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado. Na ocasião, inclusive, até foi acusado de usar a máquina pública para beneficiar a candidata Cláudia Regina, que acabou se elegendo prefeita.


 Apesar de também ter sido condenado a pagar uma restituição aos cofres públicos de R$ 100 mil, o que deve pesar mais para Gustavo Rosado deverá ser mesmo não poder ocupar mais cargos públicos. Afinal, ele está nesta situação há um bom tempo.

Comentários