Pular para o conteúdo principal

Procon divulga sites de compras não recomendados

A lista mantida pela instituição contabiliza 406 sites que os consumidores devem evitar

Com o aumento cada vez mais expressivo de compras pela internet, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) mantém a página "Evite esses Sites". O objetivo da lista é evitar que os consumidores tenham problemas ao efetuar compras em páginas não recomendadas. No início deste mês outras 17 páginas suspeitas foram adicionadas ao levantamento, totalizando 406 sites. Na internet, em sites de opinião em que os consumidores comentam e denunciam sites de vendas não confiáveis, tem endereço eletrônico que não foram mencionados pelo Procon-SP, ou seja, a lista podem ser ainda maior, todo cuidado é pouco.

De acordo com o Procon-SP, a recomendação é de que os consumidores verifiquem a página antes de realizar alguma compra pela internet.

Confira a lista completa aqui

*Jornal de Brasília

Comentários