Pular para o conteúdo principal

Mais um: Black blocs ateiam fogo em carro da Record e agridem repórter; protesto já tem três feridos

 Um grupo de black blocs virou, depredou e ateou fogo em um carro da Rede Record, na Barra da Tijuca, zona oeste, por volta das 12h desta segunda-feira (21). A repórter Aline Pacheco foi agredida com um soco nas costas.
Os bombeiros conseguiram apagar o fogo rapidamente, antes que as chamas tomassem totalmente o veículo.
Os manfestantes também queimaram lixeiras e as espalharam no meio da rua para dificultar a ação da Força de Segurança. Vândalos ainda quebaram sinais e placas de trânsito nas imediações do hotel.
os confrontos com agentes da Força Nacional começaram por volta das 11h, próximo ao hotel Windsor, na Barra, onde será realizado o leilão do Campo de Libra do pré-sal.
Os agentes reagiram às tentativas de invasão da área isolada com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.
Até o meio-dia, ao menos três pessoas haviam se ferido na confusão.

Informações do R7

Comentários