Pular para o conteúdo principal

Diretor de Inteligência dos EUA contesta denúncia de espionagem à França

Clapper diz que reportagem do Le Monde sobre coleta de milhões de registros telefônicos é imprecisa e enganosa
O diretor nacional da inteligência dos EUA, James Clapper, contestou a reportagem do jornal francês Le Monde sobre a coleta de registros telefônicos e o grampo de algumas ligações da França por Washington, dizendo que a matéria "contém informações imprecisas e enganosas em relação às atividades estrangeiras da inteligência americana". A acusação de que a Agência de Segurança dos EUA (NSA, sigla em inglês) coletou mais de 70 milhões de dados telefônicos de cidadãos franceses é falsa", disse Clapper em comunicado enviado por email.
Ele se recusou a discutir os detalhes das atividades da NSA, mas afirmou que "repetidamente, deixamos claro que os EUA reúnem informações do tipo que são coletadas por todos os países para proteger a nação e seus aliados de, entre outras coisas, ameaças como terrorismo e a proliferação de armas de destruição em massa".

Comentários