Pular para o conteúdo principal

O município de Carnaubais-RN incentiva economia local com moeda própria!

Nome da árvore típica do semi-árido, a carnaúba agora também é sinônimo de dinheiro. Em Carnaubais, município da região Oeste do Rio Grande do Norte, as cédulas de carnaúba circulam desde agosto como moeda social com o objetivo de estimular a economia local. A ideia segue o exemplo da cidade de São Miguel do Gostoso, no litoral Norte, onde as notas levam o nome de gostoso.

Com o mesmo valor do real, a carnaúba já serve para comprar quase tudo na cidade. A moeda social funciona como aliada da moeda oficial brasileira e ajuda a fazer circular mais dinheiro em Carnaubais. "Estamos localizados entre duas cidades de economia mais forte, que são Assú e Mossoró. As duas levam muito de nossas riquezas. Víamos a dificuldade do comércio local fazer nossa riqueza girar internamente. A carnaúba será importante para nos fortalecer economicamente", explica o sócio da Cooperativa dos Agricultores local, Ademar Menezes.

Para administrar a moeda social, foi organizado um banco solidário. Lá é possível trocar o real pela carnaúba. De acordo com o gerente do banco, Jair da Silva, a circulação do dinheiro é controlada com precisão, o que dificulta a falsificação das carnaúba. "Se de repente começaram a usar, facilmente vamos perceber, pois temos esse controle", conta. Assim como a nota de real, a cédula também possui marcas que garantem sua autenticidade.

A carnaúba tem cédulas de 0,50, 1, 2, 5 e 10, cada uma com uma imagem que remete à história de Carnaubais. A de 0,50 mostra a antiga igreja da cidade. Na de 1 aparece a folha da árvore que dá nome à moeda social. A nota de 2 leva a foto do líder sindical Manuel Torquato de Souza, enquanto a de 5 traz a foto do deputado Olavo Lacerda Montenegro, nome que marcou a emancipação da cidade. Por último, a cédula de 10 é estampada com o rosto da cantora Núbia Lafaiete.

Do G1 RN

Comentários