Pular para o conteúdo principal

Rodrigo Faro entra no lugar de Gugu na Record e atrai anunciantes!

Gugu Liberato e Rodrigo Faro. Foto: TV Record.
No momento, quase todos os comerciais de TV parecem estrelados por algum dos membros de um seleto grupinho: Neymar, Gisele Bündchen, Luciano Huck, Reynaldo Gianecchini.
Há mais de dez anos, Gugu também fazia parte deste clube. Seu sorriso espontâneo e sua imagem de bom moço, aliados aos altos índices de audiência que seu programa alcançava no SBT, transformaram-no num garoto-propaganda disputado pelas grandes marcas.
Não mais. Hoje em dia, o agora ex-apresentador da Record não é chamado para quase mais nada.
E a culpa é dele mesmo. Em sua luta insana para subir no Ibope a qualquer preço, Gugu acabou destruindo a própria credibilidade.
Com uma produção caríssima e baixo retorno, era inevitável que Gugu entrasse em atrito com os novos patrões. A novela teve um desfecho dramático esta semana: em meio à onda de demissões que assola a Record, o apresentador anunciou que está deixando a emissora.
Talvez volte ao SBT, com quem já estaria negociando. Mas o dado interessante nesta dança das cadeiras é que seu substituto nos domingos da Record será Rodrigo Faro.
Faro é relativamente novato como animador de programas de auditório. Até bem pouco tempo, fazia novelas na Globo (pode ser visto atualmente em "O Profeta", de 2006, que está sendo reprisada no "Vale a Pena Ver de Novo").
Na Record, seu programa "O Melhor do Brasil" fez mais do que conquistar bons índices no Ibope. Também o tornou muito requisitado pela propaganda. Repare em quantos comerciais diferentes ele aparece hoje no ar.
Rodrigo Faro é jovem, bonito, talentoso, versátil e simpático. Tem uma vida pessoal discreta e, além de tudo, credibilidade. Coisa que Gugu Liberato não tem mais, pelo menos entre os publicitários. Isso também conta --e muito.


Estas informações foram editadas da coluna F5 do UOl

Comentários