Pular para o conteúdo principal

Resumo: Audiência Pública e sessão ordinária na Câmara!

   No sábado passado foi realizado na Câmara Municipal de Marcelino Vieira uma audiência pública sobre o sistema bancário municipal, abordando os transtornos que os clientes (aposentados) do Banco Bradesco, Brasil e Caixa Econômica Federal estão sofrendo acerca das grandes filas, ocasionada pela falta de dinheiro nos locais de atendimento. Mas, entre os órgãos citados, apenas o Banco do Bradesco tinha representante, o mesmo revelou que atualmente pode pagar boleto bancário de valor R$ 1.500,00; depósito R$ 10.000,00 e saque até R$ 5.100,00. Quando indagado da possibilidade de aumentar o valor do boleto, o mesmo relatou que a procura de pagamentos acima de R$ 1.500,00 é mínima. Durante a abordagem, foi questionada a possibilidade do Banco disponibilizar depósito na própria agência local, o representante destacou que não existe nenhuma chance de aplicar o mecanismo devido os custos.

   O representante do Banco Bradesco, enfatizou que o Banco tem total interesse em pagar os funcionários públicos municipais, inclusive fez um pedido de convênio com a prefeitura, convidando o prefeito Ferrari para uma conversa. Neste tópico surgiu perguntas acerca da qualidade no serviço, levando consideração aos transtornos que os aposentados vivenciam com o Banco, o representante disse que os funcionários terão liberdade de escolha e que o serviço irá melhorar, destacando que o momento crítico do serviço atual com os aposentados, foi na troca dos cartões e que foram resolvidos.

    Depois da Audiência Pública, foi realizada a sessão ordinária com a presença dos vereadores: Pedro Júnior, Luiz bento, Adalberto, Ademar, Valcimar Cosmo (Branco), Dr. Luzimar, César e a presidente Drª. Verônica.  O ponto mais discutido na sessão foi sobre um projeto que legalizava as pessoas que extraiam areia dos rios do município, na qual foi negado pelo executivo, alegando que é de responsabilidade do IDEMA e IBAMA, e que o projeto de autoria do vereador Luiz Bento só beneficiava exclusivamente uma  única pessoa. Foi realizado como sempre, requerimento para lombadas em uma rua, aprovação de título cidadão para o comerciante Cleneilton e por final teve lanche.
Foto: Circulo de Fogo Entretenimento 

Foto: Circulo de Fogo Entretenimento

Foto: Circulo de Fogo Entretenimento

Comentários