Pular para o conteúdo principal

Vieirense terá quadros em exposições na Inglaterra!

Bruna Cibelle de Queiroz Silva, filha do comerciante conhecido popularmente como Déo , Mora na Inglaterra desde setembro de 2012, tem  seus quadros pela primeira vez expostos apartir do dia 2 de Maio na cidade inglessa de Milton Keynes que fica 72 km de Londres.







Os quadros de Bruna dividiram espaços com outros quadros de artistas locais. Os quadros  são: 



         As pedras de Head Beach,  Uma Praia que fica ao sul da Inglaterra, essa pintura é a óleo . Tamanho  40x50cm, Pintura Original.
  
            As florestas silvestres Foram inspiradas em uma foto dos Jardins de Milton Keynes. Pintura a óleo de tamanho  40x50cm, Pintura Original.

                               As Colinas, Pintura a óleo. Tamanho 40x50cm, Pintura Original.


Como surgiu esta ideia de pintar?

    Tudo começou quando me mudei pra Inglaterra e comecei a visitar galerias com o meu marido em Londres, Paris, Veneza e Berlin.  Em uma das nossas viajem de fim de ano, eu comecei a sentir que eu poderia conseguir pintar um quadro, apesar de nunca  ter de fato ter pegado em um pincel em toda minha vida.  Lembro de pintar e desenhar muito bem quando era criança, mas parei, pois meus pais achavam que poderia atrapalhar os meus estudos. Mas lembro que meu irmão, Hugo, sempre gostava das minhas pinturas quando éramos crianças, chegamos até a ganhar na quarta série em Marcelino Vieira-RN  uma competição dos melhores desenhos  da quarta série, eu fiquei em segundo e ele em terceiro lugar na Escola.

     Já aqui na Inglaterra quando resolvi começar a pintar meu marido me apoiou, apesar de nunca ter me visto desenhando nem pintando nada. Quando eu terminei de pintar o meu primeiro quadro eu comecei a receber amigos e vizinhos pra ver e admirar os meus quadros, e foi igual com os professores e meus colegas, todos começaram a incentivar.  Mas eu só entendi que realmente tinha talento, quando o meu professor chegou pra mim e disse: - Bruna, Muitas pessoas gostam de pintar, mas poucas realmente têm talento, eu acho que você tem talento!  Desse dia em diante  eu comecei a olhar pro meus quadros com outros olhos, pretendo continuar pintando como hobby a engenharia, é  minha profissão, gosto de pensar que posso usá-la para melhorar a qualidade de vida das pessoas, e pintar é uma forma de mostrar as pessoas como eu vejo o mundo.

Comentários