Pular para o conteúdo principal

O ESTADO E O SEU PODER SOBRE A IGREJA

A igreja sempre foi baluarte dos impérios constituídos na terra. Perdoem-me os Cristãos católicos pelo que afirmarei aqui e agora: Como é sabido, para além da implícita caça as bruxas exercitadas pela ditadura imposta pela igreja católica na desenfreada perseguição aos crentes na época da santa inquisição, a igreja católica desde os primórdios da sua existência a partir do reinado do imperador Constantino, a igreja manteve-se sempre colada ao poder sem observava nunca a dor do povo do qual se servira para juntos dos reinos e republicas obter o necessário poder para constituir-se em um estado independente entre as nações.

Hoje não é diferente assistimos o povo que acredita na verdade da igreja morrer de fome e de miséria, enquanto os muitos arcebispos, bispos, padres, pastores e os próprios papas se deliciam em pomposos banquetes fascizantes abraçados aos corruptos miseráveis que invadiram os poderes eclesiásticos com tamanha avidez para consumarem as suas corrupções e assim, sem oposição; espezinharem, torturarem e matarem a criação e o povo de Deus.

Sinceramente fico atônito com a tamanha afronta em face do ensino da apologética que o clero no seu todo tenta fazer transparecer junto da comunidade como conhecimento cristão. A igreja esta a perder o seu maior valor que é primar pela defesa do povo oprimido de Deus e não só, e manter-se equidistante da casa de César, abster-se de se contaminar com manjares consagrados aos demônios, proteger-se das corrupções do mundo e manter-se fiel com exclusividade a Deus.

Aprendi a muito que o maior cego é aquele que não quer ver mesmo sabendo de cor a verdade implícita.

A IGREJA NÃO PODE NEM DEVE VIVER OMISSA VIVER A SOMBRA DO DITADOR EM DETRIMENTO DA VERDADE PUBLICA

Termino afirmando terminantemente aos senhores bispos e a todos os dirigentes religiosos da igreja católica, que, os senhores não são e jamais serão os detentores do monopólio da verdade. Pois que, a verdade tem dono, e esse dono tem nome, e o seu nome Jeová o Senhor, o nosso grande Deus revelado em Cristo Jesus o redentor e salvador do seu povo ao qual pertencemos eu e os senhores e todos quantos o buscam com amor fervoroso, fazendo Dele o seu único e suficiente salvador.

QUEM TE VIU QUEM TE VÊ: Pessoas que não rezavam não participavam de atos religiosos aqui na nossa terrinha; hoje são os ocupantes das primeiras bancadas; sinceramente quanta hipocrisia,isso é puro sensacionalismo e farisaísmo; Deus tenha compaixão. Vamos rezar pelas almas que não sabem orar e muitos menos aceitar a verdade que é o ANÚNCIO DA PALAVRA E A DENÚNCIA DOS OPRESSORES. Quem tem ouvidos pra ouvir , ouça quem quiser entender entenda!
Francisco C. Alves Ciríaco.

Texto enviado por Francisco Claudênis Alves Ciríaco 
Envie-nos também seu texto para circulodfogo@bol.com.br, publicaremos aqui.
www.circulodefogo.net

Comentários