Pular para o conteúdo principal

O conclave que escolherá o sucessor do Papa Bento XVI terá início em 15 de março. Você sabe o que é um conclave?


C. de S. Pedro

O papa é eleito por um colégio de cardeais que se reúne no Vaticano a portas fechadas. A assembléia para a escolha de um novo pontífice se chama conclave. Após a morte ou raramente, a renuncia de um papa, todos os cardeais do mundo com menos de 80 anos devem viajar a Roma. Hoje existem 117 "eleitores" nessa situação, cinco deles brasileiros. Mas o processo de escolha nem sempre foi tão restrito (e pacífico). Foi o papa Nicolas II quem instituiu, em 1509, um decreto tornando a participação na votação exclusiva aos cardeais. Antes disso, era o clero e o povo quem apontava o representante máximo da Igreja Católica e as eleições costumavam ser bem mais conturbadas.
Na capela sistina, iniciam uma tradição de 1000 anos de idade cheia de rituais que continuam até hoje. Os cardeais colocam suas mãos sobre uma bíblia e juram manter o procedimento secreto. Depois qua as últimas orações são ditas, o mestre de cerimonia papal pronuncia as famosas palavras “Extra omnes” (Saiam Todos). Neste momento todos aqueles que não podem votar deve se retirar da capela sistina (Cappella Sistina). Nesse momento todos os cardeais aptos a votarem são trancados e inicia a maior missão de suas vidas, a escolha do novo papa.
No interior da capela a votação começa imediatamente, sem politicagem, eles se sentam e na frente deles há um cartão retangular e terá escrito em sua parte superior as palavras "EligooIn Summum Pontificem" ("Eu elejo como sumo pontífice..."). A parte inferior ficará em branco e alí eles escrevem um nome, disfarçando suas caligrafias, depois dobram o papel e mancham pelo corredor da capela sistina, segurando o cartão para todos verem que é um voto. Os votos são depositadas nas respectivas urnas, misturados e contados.
C. São Pedro
Se porventura o número das fichas não corresponder ao número de eleitores, é preciso queimá-las todas e realizar uma segunda votação. Se o número de fichas bater com o total de eleitores para iniciar a apuração dos votos.
Os votos são lidos e conferidos por três escrutinadores, que leem o voto em voz alta para todos os presentes.
Após a apuração desses votos, os escrutinadores dão início à soma dos votos obtidos pelos diversos nomes, anotando o resultado numa folha separada.
Em seguida, os escrutinadores fazem a soma de todos os votos que cada um obteve. Se ninguém obtiver dois terços dos votos, não haverá papa eleito e iniciará nova eleição. Pode haver até quatro votações em um dia, duas pela manhã e dua a tarde.
Haverá papa se algum dos nomes escolhidos contar com dois terços dos votos.
Do lado de fora da capela, o espectadores acompanham atentamente a votação esperando a fumaça da queima dos cartões de votação, se a fumaça expelida pela chaminé for escura, significa que o novo papa ainda não foi escolhido, se for branca, significa que a igreja católica já tem um novo lider
Quando o novo pontífice é eleito, ele se retira para uma sala ao lado da capela Sistina, onde veste seus novos paramentos brancos, aquele homem vira papa naquele momento. O novo papa retorna para a capela sistina para saudar os cardeais e anunciar seu novo nome. De acordo com a igreja ele recebe um nome especial para honrar uma tradição iniciada ainda com o primeiro líder da Igreja Católica. Segundo a historiografia cristã, Jesus mudou o nome do pescador Simão, um dos seus apóstolos, quando o escolheu para ser seu representante na terra, dizendo o seguinte: "Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha igreja". Simão se tornou São Pedro e desde então cada papa eleito indica o nome que lhe agrada.
Mas a história conta que em 533 um homem foi eleito papa e se chamava “mercúrio” e acharam uma ideia muito ruim ter um o nome de um Deus Pagão Romano como o papa, então ele assumiu o nome João, foi João II. Em 19 de Abril de 2005,  Joseph Ratzinger escolheu Bento XVI.
O novo papa será anunciado em seguida pelo decano do Colégio dos Cardeais a partir da varanda da Basílica de S. Pedro. . “Habemus Papam!” (“Temos Papa”, em latim). O novo Papa oferece depois a sua primeira bênção apostólica.

Dia 15 de março de 2013 será escolhido o sucessor de Bento XVI, O Círculo de Fogo quer colocar uma Câmera na praça de S. Pedro e acompanhar de perto a história se fazer.

Comentários