Pular para o conteúdo principal

Câmeras flagram prostitutas seminuas em prédios comerciais do centro do Rio, temos imagens!

Segundo o R7, Uma reportagem feita pela equipe da TV Record mostra que casas de prostituição dividem espaço com escritórios de advocacia e consultórios médicos no centro do Rio de Janeiro. Veja o vídeo abaixo.
 Na reportagem exibida no programa "Balanço Geral Rio", revela que nas  ruas ao redor do local ,  são distribuídos panfletos para atrair pessoas que trabalham e circulam pela região. Com ajuda de uma câmera escondida, um produtor da Record visita vários desses pontos de prostituição, que funcionam em plena luz do dia.
 Segundo o Portal, as imagens mostram o momento em que as mulheres, vestidas apenas com as roubas íntimas, abordam os clientes. Em outro trecho, o produtor negocia o programa com uma prostituta, que diz cobrar R$ 20 por 20 minutos. Em outro local, a recepcionista explica como a casa funciona.

A reportagem mostra que em meio a vários escritórios de advocacia, uma sala chama a atenção. Trata-se de uma casa se massagens, como também são conhecidos os prostíbulos. Assim que o produtor entra no local, várias garotas aparecem para oferecer os serviços ao suposto cliente.

O R7 entrevistou o antropólogo Thadeus Blanchete. De acordo com ele, as meninas procuram trabalho nessas casas de prostituição por serem mais seguras que as ruas. Segundo ele, elas ainda sofrem muito preconceito.
— Ela é uma cidadã, paga os impostos e devem ser tratadas com respeito.

Veja as imagens que foram divulgadas pela Rede Record do Rio de Janeiro:




Comentários