Pular para o conteúdo principal

Ciência sem Fronteiras abre novas chamadas graduação sanduíche em sete países

O Programa Ciência sem Fronteiras disponibiliza a partir de hoje (31/07) as novas chamadas para Graduação Sanduíche na Austrália, Alemanha, Canadá, Coréia do Sul, Estados Unidos, Holanda e Reino Unido. As inscrições vão de 06 de agosto a 14 de setembro.
 Uma novidade das novas chamadas é que foram incluídos nas áreas e temas contemplados os itens de: Indústria Criativa, voltados a projetos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação (arquitetura, design, software, jogos de computadores, cinema, vídeo, fotografia, música, artes, televisão, conteúdos digitais, editoração e publicação eletrônica); Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; e Formação de Tecnólogos, em todas as áreas e temas já contemplados pelo Programa.
Entre outros requisitos o candidato deve estar matriculado em curso de nível superior nas áreas e temas do programa; ter nacionalidade brasileira; ter cursado no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto para seu curso e apresentar o teste de proficiência na língua do país de destino.
Os candidatos interessados devem ficar atentos às mudanças e instruções das novas chamadas. Orientamos que, para a escolha do país de destino e antes de efetuar a inscrição, o candidato leia atentamente o texto da chamada, bem como, acesse a Cartilha com Informações de Apoio ao Estudante no Exterior, para tomar conhecimento de todos os procedimentos de sua inscrição, homologação e implementação da bolsa.
Cada candidato só pode se inscrever para um país. Em casos de inscrição de um mesmo candidato em várias chamadas, só será considerada a última inscrição realizada. As inscrições anteriores serão canceladas automaticamente. Como o sistema de inscrições on-line não permite a alteração de dados, caso deseje alterar o país ou outra informação, basta submeter nova proposta até a data limite de inscrição.  
ENEM
O Exame Nacional do Ensino Médio é utilizado como um dos critérios de classificação dos candidatos, de forma a incentivar que os estudantes realizem a avaliação aplicada pelo Ministério da Educação anualmente. 
Nestas novas chamadas, a utilização da nota se dará em casos em que a demanda qualificada for maior que a oferta de vagas no país de destino. Entenda demanda qualificada como: aluno de graduação com mérito acadêmico, o qual realize curso dentro das áreas contempladas e que detenha a proficiência no idioma exigida na Chamada.  Porém, todo aluno de graduação poderá se inscrever, preenchidos os requisitos mínimos informados nas Chamadas
É importante ressaltar que, cada IES - Instituição de Ensino Superior – possui métodos próprios de avaliação do mérito acadêmico, e classificação do IRA – Índice de Representação Acadêmica. Este índice é muito importante na fase de homologação da candidatura, que é realizada pelo Coordenador responsável pelo Programa CsF em cada IES. Orientamos que todos os candidatos procure o Coordenador em sua IES para maiores esclarecimentos sobre a avaliação do mérito acadêmico.
_______________________
Este Blogueiro foi um dos selecionados pelo programa e a partir da próxima semana estará postando dicas, informações a cerca dos desafios e das responsabilidades de participar de um programa como este. Para isso, uma nova pagina será criada neste blog. Aguarde..!

Comentários