Pular para o conteúdo principal

Demóstenes Torres tem mandato cassado e fica inelegível até 2027

A casa caiu!
O Senado aprovou, na tarde desta quarta-feira (11), por 56 votos a 19, a cassação do mandato de Demóstenes Torres (sem partido-GO) por quebra de decoro parlamentar. Houve ainda cinco abstenções. Dos 81 senadores, apenas um estava ausente na sessão.

Com o mandato cassado, o parlamentar ficará inelegível até 2027. Segundo a lei, ele não pode concorrer a um cargo público por até oito anos após o fim do seu mandato, que acaba em 2019.

Esta é a segunda cassação na história do Senado. Em 2000, o Luiz Estevão foi cassado por 52 votos a 18. Ele era acusado de participar de um desvio de R$ 169 milhões nas obras do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de São Paulo.

Entra para a história do Brasil, e serve de exemplo para os outros políticos deste país de que a corrupção não vale a pena.

R7.com/www.circulodefogo.net

Comentários