segunda-feira, 3 de outubro de 2011

TV: Rafinha Bastos está afastado do CQC

"O novo rei da baixaria" (Capa da veja)
"Rafinha Bastos: o aluno arrogante que foi suspenso da escola" (Folha.com)

Não se fala em outra coisa no Brasil hoje, o Comediante Rafinha Bastos está temporariamente fora da bancada do CQC (Band) a partir desta segunda-feira (3/10). O motivo é um comentário sobre a cantora Wanessa Camargo durante o programa exibido no dia 19 de setembro. "Que bonitinha que está a Wanessa Camargo grávida", disse Marcelo Tas. "Eu comeria ela e o bebê", afirmou Bastos. Marco Luque, terceiro integrante da bancada do CQC, sorriu.

Rafinha mexeu com a pessoa errada, o marido de Vanessa camargo (Marcus Buaiz) é bem poderoso, após o ocorrido Hélio Vargas, diretor artístico e de programação da Band, ligou pessoalmente para Buaiz para se desculpar. "A emissora não gostou da piada e ainda está avaliando um possível afastamento dele do programa", afirma o executivo. Tas condenou o colega de bancada. "Acho que o CQC precisa superar a adolescência, passar dessa fase de rebeldia sem causa".

O comediante Rafinha Bastos é um sucesso. Gaúcho de 34 anos, o apresentador, segundo pesquisa publicada no jornal americano, ficou na primeira colocação do ranking das pessoas mais influentes do Twitter no mundo. Graças ao microblog, que comporta textos de até 140 caracteres, o brasileiro deixou para trás gente como Barack Obama e Lady Gaga. A lista levou em conta quanto é falado sobre o usuário e a quantidade de vezes em que as mensagens postadas por ele são retuitadas e mencionadas. Um dos apresentadores do "CQC", da Rede Bandeirantes, e do programa "A Liga", na mesma emissora, Rafinha carrega o mérito, também, de ser um dos pioneiros no stand up comedy no País, gênero de comédia popular nos Estados Unidos. Junto com dois sócios, patrocinou a inauguração do Comedians, teatro paulistano dedicado à stand up comedy. É dono, ainda, de um café voltado para o público gay. "Gosto de me ocupar", diz ele, que é formado em jornalismo, fez ponta de ator na tevê e, na época de vacas magras, foi locutor de histórias eróticas. Rafinha acaba de lançar o DVD de seu espetáculo "A Arte do Insulto". Foram suas piadas curtas e agressivas que o levaram ao topo da escala de influência.

Veja algumas das frases do humorista:

"Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra caralho, Tá reclamando de que? Isso pra você não foi um crime, e sim uma oportunidade.
Trecho de piada de Rafinha durante seu show de stand-up comedy
“É octógono, cadela! Põe esse nariz no lugar.”
Comentário no CQC sobre a dificuldade da apresentadora Daniela Albuquerque, da RedeTV!, em pronunciar a palavra "octógono"
“Aí, órfãos! Dia triste hoje, hein?”
Post publicado em seu perfil no Twitter no Dia das Mães deste ano
“Já comi muito a mãe dele.”
Frase dita durante um quadro do "CQC" sobre a mãe do repórter Felipe Andreoli
"Eu sou a favor da pena de morte para apenas dois grupos: estupradores e vendedores de telemarketing "
“Tem mais igreja evangélica do que água nesse país”, 
Frase postada em seu Twitter.
"Olá Folha de São Paulo vai tomar no olho do teu cú"
Frase postada em seu twitter, quando a o jornal publicou uma matéria sobre ele
Negrinho do Pastoreio >> Pelé
Frase dita no seu twitter.
Clique na imagem

De acordo com o UOL, Diego Barredo, um dos diretores da produtora Eyeworks Cuatro Cabezas, aqui no Brasil, já tem praticamente definido o esquema de substituição de Rafinha Bastos, a partir da noite desta segunda-feira (3), no “CQC”.
Os repórteres, Danilo Gentili, Monica Iozzi, Felipe Andreoli, Oscar Filho e Rafael Cortez, irão se revezar na apresentação do programa, dividindo a bancada com Marcelo Tas e Marco Luque.
Rafinha está afastado por tempo indeterminado, mas em nenhum momento se cogitou a sua demissão.

 Rafinha bastos em campanha contra o bulling

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.