quarta-feira, 5 de outubro de 2011

49 dias de greve no IFRN, o Calendário escolar prejudicado

Com 49 dias de greve dos técnicos e servidores administrativos e ainda dos professores em 14 dos 15 campi do Instituto Federação de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o ano letivo da instituição está, praticamente prejudicado.De acordo com o SINASEFE O calendário acadêmico para ingresso na instituição está mantido e o sindicato prometeram a reposição das aulas, que entrarão para janeiro e fevereiro de 2012.
O diretor do Sinasefe ainda explicou que não há problema quanto ao ingresso de outros alunos no IFRN, porque a instituição aderiu à seleção feita pelo Enem.
Além do mais, Marcel Ribeiro explicou que os serviços essenciais estão mantidos, em virtude da garantia da jornada de trabalho com 30% dos servidores. Por isso, continuou ele, não existe problema de continuidade quanto ao  pagamento de salários dos servidores e professores, aos prestadores de bens e serviços, a prestação dos serviços de segurança, bem como a continuação de pesquisas científicas e ações de extensão universitária, "para não se perder todo o trabalho que já foi feito".

Ribeiro informou que apenas o campi de Nova Cruz, que foi instalado neste segundo semestre não está em greve, embora tenha havido uma parada de três semanas e depois os grevistas voltaram ao trabalho.

A partir das 15 horas de hoje, o Sinasefe promove um ato-show em frente ao Campus Natal Central do IFRN, em frente ao Shopping Midway Mall para chamar a atenção da populaçãio para as reivindicações da categoria, como a reposição salarial de 14,67%.  Durante a mobilização, vão ocorrer shows das bandas  As carolinas e o Coroné, Damned Blues e Os Grogs.

Mais uma vez esse blog agradece ao IFRN por mais uma citação no "IFRN na Mídia"

Fonte: Tribuna do Norte/ www.circulodefogo.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.