Pular para o conteúdo principal

Televisão: TV Diário consegue exibir programas em Rede Nacional



Em 2009 a TV Diário de Fortaleza foi proibida pela Rede Globo de exibir sua programação em nível nacional através da parabólica, mas atualmente a emissora nordestina criou um novo formato para exibir a sua programação.


Alguns programas como “Sábado Alegre” e “João Inácio Show”, atrações que são responsáveis por uma grande audiência no canal, estão sendo exibidos algumas horas depois de sua exibição na Rede NGT de televisão - Nova Geração de Televisão - de São Paulo, que tem sinal em vários lugares do país (Veja o mapa de cobertura da NGT, logo abaixo) , sinal digital em são Paulo e Rio de Janeiro e também pode ser sintonizada através da internet no site da própria emissora.



O programa que gerou muita expectativa para a exibição em nível nacional foi o de “Ênio Carlos”, na qual consegue ganhar de alguns programas do SBT e da Record, a atração também foi exibido pela NGT, o mesmo aconteceu ontem (31/07/11) às 20h30. O que se espera é que outros programas da TV de fortaleza sejam exibidos pela Rede NGT.



Mapa de cobertura da NGT

Imagem: RedeNGT




O Fato em 2009




Em 2009 vários meios de comunicação revelaram que a Rede Globo de televisão, proibiu a TV Diário de exibir a sua programação em nível nacional através da parabólica, restringindo assim a sua programação só no Estado do Ceará, segundo alguns jornais, a globo alegou o ato de censura, dizendo que a TV Diário é sua afiliada, já que pertence ao grupo “Verdes Mares”-afiliada da Globo no Ceará.



Para conseguir proibir a exibição da TV nordestina nacionalmente, a Globo fez um ultimato ao grupo “Verdes Mares”, ou a TV Diário fechava o sinal via satélite ou TV Redes Mares não seria mais a sua afiliada. Vários manifestos foram realizados como boicote a Rede Globo e até mesmo audiência pública pedindo esclarecimento da suspensão do sinal de satélite da TV Diário para todo o Brasil, mas infelizmente tudo isso não chegou em lugar nenhum.



Informações retiradas de várias agências de noticias








Comentários